APRESENTAÇÃO

Alex Couri é arquiteto pela Universidade Federal de Juiz de Fora, pós graduado em Filosofia Contemporânea e mestre em Educação. Possui experiência nos setores público e privado na elaboração/ coordenação de projetos e atividades ligadas ao ensino. Atualmente reside em Sorocaba, São Paulo. O objetivo deste site é apresentar alguns de seus projetos e experiências assim como questões e temas relacionados a arquitetura, urbanismo, artes, filosofia e cotidiano.

Currículo completo
ALEX COURI - CV LATTES 




Método de trabalho

Independente do tema, projetos se dividem em fases com diferentes complexidades, desde estudos preliminares até projetos executivos (projetos finais voltados à execução do produto ou obra). Procuro elaborar projetos com as minucias que cada etapa deve conter, tendo como objetivos alcançar o melhor produto final, qualidade de execução e atendimento a questões de orçamento e prazo. Todas as fases de projeto devem ser resolvidas em pleno diálogo com clientes e usuários do produto final. Conforme porte do projeto é necessário formação de grupos de trabalho ou coordenação de equipes multidisciplinares, dimensionar e definir adequadamente equipes de trabalho é fundamental para obter os resultados desejados tanto na fase de projeto quanto de execução.       

Contra a banalização do projeto

Existe no senso comum a falsa ideia que projetos de arquitetura, engenharia ou design sejam serviços uniformes ou padronizados e que a escolha do profissional não demanda maiores cuidados. No entanto, a contratação de projetos tendo como critérios apenas questões de preço ou de determinada comodidade, pode acarretar desperdício de tempo, de recursos financeiros e frustrações diversas. No caso de atividades que demandam rigor técnico e expressividade criativa, como em projetos de arquitetura ou design, a escolha dos profissionais envolvidos é fundamental. Trata-se de trabalho artesanal que deve ter caráter único e tempo de estudo adequado, sem atropelo de etapas ou simplificações indevidas. Em outras palavras, projeto não é pastel!